Neste mês, maio, o Habbo completa dois anos sem os moderadores - funcionários contratados para cuidarem especificamente da segurança do jogo, resolvendo tickets e punindo usuários infratores -, que atuavam nas variadas comunidades há mais de 12 anos. Na comunidade luso-brasileira, possuíamos dez. Entre eles, a mais conhecida, MOD_Annie, foi funcionária da empresa do ano de 2006 a 2017, chegando a assumir diferentes cargos na Sulake, mas nunca se afastando da moderação.

Ao mesmo tempo, também completa-se dois anos da implantação da Moderação Automática: uma ferramenta controlada por uma Inteligência Artificial que, em teoria, deveria aprender sobre o comportamento dos usuários e relacionar com as ações tomadas pelos humanos anteriormente, para assim, poder aplicar a melhor punição. No entanto, até hoje, parece não ter aprendido nada. A ferramenta, mal planejada, não é capaz de entender o contexto da maioria das frases e resolve os casos baseados em palavras isoladas.

Além dos problemas técnicos da ferramenta citada, a falta de uma equipe humana viabiliza "ações" tidas como proibidas pela etiqueta, como por exemplo, cassinos e bots de scripts. E, nos últimos meses, inúmeros casos de alertas, mutes e banimentos aplicados incorretamente têm sido denunciados dentro do próprio hotel e nas redes sociais, revelando uma ineficiência clara do sistema implantado. 

Diante de tais fatos, os fã-sites e organizações listados abaixo vêm, por meio deste e pacificamente, manifestar sua INSATISFAÇÃO com a moderação automática e mostrar sua PREOCUPAÇÃO com o rumo do hotel. Como representantes de uma grande parcela dos usuários, os fã-sites solicitam uma posição do Habbo acerca da situação e, se possível, uma solução para os problemas apresentados.

(Caso seu fã-site ou organização não esteja na lista e queira apoiar a causa, entre em contato com @HabboBROficial para ser feito a inclusão).

Caso você tenha sofrido com injustiças causadas pela moderação automática ou recentes mudanças no hotel, conte-nos usando a hashtag #SaveHabboSecurity via Twitter e participe dessa campanha!

 


Texto escrito por joaoguarana, ex-administrador e webmaster da Habbid.com.br, jogador há 10 anos.